Notícia OdontoCompany

Clínicas têm expansão com pagamento facilitado

Pagamentos parcelados, uso de carnê, planos especiais para a terceira idade e financiamento bancário em até 36 vezes, até mesmo para quem tem nome sujo. Foi-se o tempo em que a saúde bucal ficava prejudicada por falta de dinheiro. Clínicas particulares se expandem pelo país apostando na ascensão da classe C, oferecendo tratamento odontológico de qualidade com mensalidades acessíveis.

Ainda em 1990, muito antes de a nova classe média emergir pelo país, o dentista Paulo Zahr, de São José do Rio Preto (SP), apostou na popularização do atendimento odontológico para fazer seu consultório crescer. Enquanto apenas 8% da população tinha acesso a uma consulta com dentista, Zahr almejava torná-la acessível para todos. A solução encontrada foi parcelar o serviço em até 20 vezes. “Comprei material para montar mais de mil aparelhos ortodônticos e consegui aumentar ainda mais os prazos de pagamentos, fazendo parcerias com os fornecedores”, recorda Zahr, fundador da OdontoCompany.

Na mesma década, indo na contramão dos outros serviços odontológicos, Zahr criou planos especiais para a terceira idade. Com mais essa decisão acertada, viu seu negócio se expandir para 25 cadeiras de atendimentos no interior paulista. Para facilitar a gestão, em 2010 optou pelo franchising, unindo-se à holding SMZTO Participações e continuando sua missão de democratizar os serviços odontológicos.

Após 22 anos, tendo a população sem assistência odontológica como alvo da franquia, Zahr vislumbra seu projeto alcançar todo o país. Com apenas dois anos no modelo de franquias, a rede já possui 90 unidades. Todos os métodos de tratamentos são próprios, e a classe C sempre será o foco. “Antes, as pessoas não tratavam os dentes por acharem caro, e os dentistas não costumam parcelar tratamentos. A OdontoCompany trouxe um novo conceito para este segmento e está com grande crescimento no mercado odontológico”, destaca Zahr.

Com o mercado aquecido e em franca ascensão, a OdontoCompany deve dobrar de tamanho até o final deste ano. A expectativa está embasada em números reais, pois a rede cresceu 83% em 2012. “Temos duas décadas de know-how com a classe média, e o crescimento da rede é consequência de seus próprios esforços e resultados com essa parcela da população”, afirma o dentista.



Fonte: http://www.inteligemcia.com.br/103844/2013/01/24/classe-c-adquire-planos-odontologicos-a-precos-acessiveis/
Data de publicação: 24/01/2013

(11) 3049.0050 - SP

Seja um Franqueado